TOP

Series Que Marcaram Época #2 "Familia Dinossauro"

Familia Dinossauro, uma das series mais marcantes da década de 90. Relembre um pouco essa serie.






A Serie

Família Dinossauro foi uma série produzida pela Disney em parceria com a Jim Henson Productions e a Michael Jacobs Productions que mostrava o cotidiano da família Da Silva Sauro, vivendo em uma sociedade dominada pelos grandes répteis, onde o cotidiano era o pretexto para inúmeras críticas e sátiras à sociedade e aos costumes da classe média.
A série foi apresentada originalmente pela rede ABC norte-americana, entre 20 de abril de 1991 a 26 de julho de 1994 e foi concebida por Michael Jacobs e Bob Young, que deu vida aos bonecos os bonecos em associação com a Touchstone Television.

A Historia

Dino da Silva Sauro é o patriarca da família e trabalha derrubando árvores na companhia de demolição "Isto é assim", comandada pelo cruel Sr. Richfield. Bonachão e um pouco folgado, Dino adora chegar em casa e fazer um lanchinho preparado pela sua adorável esposa. Sempre que abre a porta de casa grita: “Querida, cheguei”, assim a frase acabou se tornando um dos bordões mais conhecidos no Brasil no início da década de 90.
Fran da Silva Sauro é a simpática matriarca da família e perfeita dona de casa. Muito dedicada, Fran vive apenas para cuidar do marido e de seus três filhos: Bobby, o filho mais velho que apesar do visual radical é um rapaz consciente, responsável e que vive desafiando os tradicionais costumes dos mais velhos; Charlene, a filha do meio que é a típica adolescente, adora música, fazer compras e paquerar os rapazes no shopping, além de ser alienada as causas sociais, afinal está mais preocupada com a sua aparência e a moda da estação; e o endiabrado caçula Baby que está sempre fazendo travessuras com seus irmãos e principalmente com seu pai. Para irritar ainda mais o pobre Dino, Baby não se cansa de repetir as frases"De novo" e "Não é a mamãe" enquanto bate com a panela na cabeça do pobre pai

A Família Dinossauro estreou no Brasil em abril de 1992 dentro do programa Xou da Xuxa na Rede Globo. Na época alcançou um grande sucesso, o que o levou também a ser exibida na programação de domingo da Rede Globo. O ápice no sucesso do programa por aqui foi quando em 1993 passou a ser exibido dentro do programa infantil Tv Colosso às 11h30.
Os bordões logo caíram na boca do povo e muitos produtos foram lançados sobre a série, desde chaveiros, livros e canetas até álbuns de figurinhas e até um disco chamado Babymania, que foi gravado pelos dubladores.  A dubladora Marisa Leal, responsável pela voz do baby ficou conhecida por se apresentar em vários programas de TV falando sobre a série. Saiu da programação global em 1995 após várias reprises.
Em 2003 A Família Dinossauro foi adquirida pelo SBT, também fazendo algum sucesso com exibições na hora do almoço. Ficou alguns anos fora da programação brasileira até que em 2007 a Band resgatou o seriado para exibi-lo em horário nobre e pela primeira vez, ultrapassou mais de 3 pontos naquele horário, marcando 8 pontos de pico e 7 de média, ficando no 3º lugar, segundo o Ibope. 


Personagens

Dino da Silva Sauro: Patriarca da família, trabalha derrubando árvores na companhia Wesayso (o nome é formado pela fusão de três palavras cuja tradução para o português poderia ser "[faça] o que nós mandamos), comandada pelo cruel Sr. Richfield. O personagem só quer levar uma vida pacífica na frente da TV, e tem o conhecido bordão: "Querida, cheguei".










Fran da Silva Sauro: Matriarca da família e dona de casa. Vive apenas para cuidar do marido e de seus três filhos, Bobby, Charlene e o caçula Baby. Na maioria das vezes, é ela quem comanda a família.



















Robert da Silva Sauro (Bobbie): Filho mais velho e, apesar do visual radical, um rapaz consciente e responsável, mas que vive desafiando os tradicionais costumes dos mais velhos.   



















Charlene da Silva Sauro: Filha do meio da família, é uma típica adolescente que adora música, fazer compras e paquerar os rapazes no shopping. Diferente de Bobby, é alienada às causas sociais, afinal está mais preocupada com a sua aparência e a moda da estação. 

















Baby da Silva Sauro: Caçula da família, está sempre fazendo travessuras com seus irmãos e principalmente com seu pai, Dino. A interação do personagem com o pai, formando um dos aspectos mais conhecidos do programa, consiste em atingi-lo repetidamente na cabeça com uma frigideira e repetir o bordão: "Não é a mamãe". Também tem outra frase que o torna ainda mais engraçado: "Precisa me amar!"








Vovó Zilda: Mãe de Fran, seu maior hobby é infernizar a vida do genro e se divertir com  seus netos.














B.P. Richfield: Dono da companhia derrubadora árvores "Wesayso" (traduzida "Isso é assim" ou "Nós Dizemos que Sim"). É o terrível chefe de Dino, que odeia ver os funcionários felizes e culpa o mais "ingênuo" (o chefe da família Sauro) por qualquer coisa.















Roy Hess: Melhor amigo de Dino, é um Tiranossauro Rex solteirão e meio bobalhão que está sempre pronto para lhe fazer companhia e embarcar em suas aventuras. Apaixonado por Mônica. 












Curiosidades

  • O fato do seriado se passar na pré-história fez com que os calendários da série funcionassem de trás para frente, ou seja, os anos diminuíam ao invés de aumentarem. Em um episódio, Bob pergunta ao seu pai Dino se ele se questiona porque isso acontece.
  • "O Dia da Geladeira", no episódio de mesmo nome, tem características na maior parte do Natal e dia de Ação de Graças.
  • O episódio "As Terríveis Crianças de Dois Anos" é uma paródia do filme O Exorcista.
  • Já foi comercializado um boneco do personagem Baby, teve grande exito de vendas.





Final Triste da Familia Dinossauro. 





14 comentários:

  1. Essa série marcou a minha infância. Era muito divertido assistir, pena que acabou. As coisas boas passam rápido ):

    Aguardo a sua visita.
    Beijos e boa noite :D

  2. Rsrsrs adorava assistir.."não é a mamãe, não é a mamãe" era muito boa essa série...a band até pouco tempo reprisou mais parou não sei porque..enfim adorava..gostei bastante do post de hoje..parabéns.


    Retribui http://cantinhodrikasanttos.blogspot.com/

  3. O Baby era o meu preferido!
    Eu tinha um k7 com toda a trilha sonora nacional da série e um boneco enormeeee do Baby!!
    Amavaaa a Família dInossauro!

    ;D

  4. "Não é a mamãe" rs
    Eu sou fã do teu blog *-*

  5. Eu adoro!
    Muito divertido mesmo!
    =)


    http://villacosmetica.blogspot.com

  6. Interessante, tem coisas que você informou que eu não sabia.
    E com certeza, A Família Dinossauro entrou pra história, marcou minha infância, eu adoraaava!
    Beijinhos!

  7. bem legal muita coisa que eu nem sabia
    não vi muito mas lembro bem dela

  8. sinceramente, eu nunca gostei dessa série...

  9. eu assisti muitooOOO essa sérieEEE....

  10. Com certeza essa série marcou época ;D
    Nossa como eu adorava o Baby *--* HAHAHA'

    Ótimo poste ;D

    Parabéns *-*

  11. essa faz tempo hen kkkkkkkkk dava tanta rizada

  12. Nossa *---*
    Eu passei a minha infância assistindo a Família Dinossauro. Me divertia muito com o baby. E sempre dava risada com o Roy. Era ele aparecer que eu começava a rir, não precisava nem falar HAUAHUAHUAH.
    Que post incrível Dinho!

    Beeeijo.

  13. KKKKKKKKKk o Sr. Richfield era meu favorito!Aquela gargalhada sacana dele era demais!A vovó também era sensacional!

  14. Eu amava assistir a família dinossauro o baby era mto fofo e amável com aquela frase não e mamãe e gostava do Dino qdo chegava batendo a porta e dizendo querida cheguei mta saudade

Postar um comentário