TOP

Os 12 Deuses Do Olimpo #2 "Atena"

Segunda parte da serie os 12 deuses do olimpo. A mais votada no post anterior foi a bela Deusa da sabedoria, Atena.

Se perdeu o primeiro post sobre Poseidon Clique aqui



Atena- Deusa da Sabedoria, Da justiça e Da Guerra Justa



Atena é a deusa virgem de Atenas e é, por isso mesmo, que seu templo gigantesco da Acrópole se denomina até hoje, o Partenon, já que, em grego, virgem se diz (parthénos).

Templo de Atena

Atena teve um nascimento no mínimo diferente. Métis, primeira esposa de Zeus, a deusa da Prudência, quando estava grávida Urano profetizou que teria ela uma criança mais poderosa que o pai. Zeus desesperado com a profecia engoliu sua esposa.
Algum tempo depois, foi acometido de uma terrível dor de cabeça e pediu que Hefesto, o deus guerreiro, desse uma machadada em sua cabeça. Logo o machado encostou, nasceu Atena, adulta, vestida, com muita sabedoria e armada da cabeça de Zeus, dançando uma dança de guerra e soltou um grito de guerra triunfante.
Deusa da Justiça, é uma das três deusas virgens, protetora do lar e também guerreira. Muito racional, elabora estratégias e táticas de guerra.
Padroeira da cidade de Atena, possui um lindo templo Partenon em que os relevos a representam como uma guerreira com capacete, lança, escudo e couraça.

A ave predileta da deusa era a coruja, símbolo da reflexão que domina as trevas; sua árvore favorita, a oliveira.
Alta, de traços calmos, mais solene e majestosa que bela, Atena era a deusa de olhos garços...



Há também quem grafe o seu nome como Palas Atená. Conta a mitologia que Zeus se apaixonou por Métis, deusa da prudência, sendo ela sua primeira esposa. Contudo, Zeus foi advertido por sua avó Gaia, que Métis lhe daria um filho, e que este o destronaria, assim como Zeus destronou Cronos e, este, Urano. Amedrontado, Zeus resolveu engolir Métis.

Para tanto, utilizou-se de um fabuloso ardil. Convenceu sua esposa a participar de uma brincadeira divina, na qual cada um deveria se transformar em um animal diferente.
Métis, desta vez, não foi prudente, e se transformou numa mosca, Zeus aproveitou a oportunidade e a engoliu. Todavia, Métis já estava grávida de Zeus, e continuou a gestação na cabeça deste, aproveitando o tempo ocioso para tecer as roupas da sua vindoura filha.
Um dia Zeus sentiu uma forte dor de cabeça, e Hefestos lhe deu uma machadada na cabeça, de onde saiu Atena, já adulta com elmo, amadura e escudo - esta coberto com a pele de Amaltéia. 


Atena também é muitas vezes vista segurando em uma das mãos uma pequena imagem de Nike, a deusa da vitória.

 Atena venceu Poseidon em uma disputa para ver quem seria o patrono da cidade de Atenas. Quem desse o melhor presente ao povo da cidade venceria.Poseidon criou um rio, porém o rio era salgado e, portanto, quase inútil. Atena deu uma oliveira, e sagrou-se vencedora.


 Deusa da fecundidade, deusa da vitória e deusa da sabedoria, Atena simboliza mais que tudo a criação psíquica, a síntese por reflexão, a inteligência socializada.

A coruja em grego (glaúks), etimologicamente, "brilhante, cintilante", porque enxerga nas trevas; em latim noctua, "ave da noite", era, como se viu, consagrada a Atena. Ave noturna, relacionada, pois, com a lua, a coruja não suporta a luz do sol, opondo-se desse modo, à águia, que a recebe de olhos abertos. Deduz-se, daí que o mocho, em relação a Atena, é o símbolo do conhecimento racional com a percepção da luz lunar por reflexo, opondo-se, destarte, ao conhecimento intuitivo com a percepção direta da luz solar. Explica-se talvez, assim, o fato de ser a coruja um atributo tradicional dos mânteis, dos adivinhos, simbolizando-lhes o dom da clarividência, mas através de sinais que os mesmos interpretam. Noctua, ave das trevas, ctônia portanto, a coruja é uma excelente conhecedora dos segredos da noite. Enquanto os homens dormem, ela fica de olhos abertos, bebendo os raios da lua, sua inspiradora. Vigiando os cemtérios ou atenta aos cochichos da noite, essa núncia das trevas sabe tudo o que se passa, tendo-se tornado em muitas culturas uma poderosa auxiliar da mantéia, da mântica, da arte de adivinhar. Daí a tradição segundo a qual quem come carne de coruja participa de seus poderes divinatórios, de seus dons de previsão e presciência.



Discurso de Atena.


"Ouvi agora o que estabeleço, cidadãos de Atenas, que julgais a primeira causa de sangue. Doravante o povo de Egeu conservará este conselho de Juízes, sempre renovado, nesta Colina de Ares. Nem anarquia, nem despotismo, esta é a norma que a meus cidadãos aconselho observarem com respeito.
Se respeitardes, como convém, esta augusta insituição, tereis nela baluarte para o país, salvação para a Cidade, Incorruptível, venerável, inflexível, tal é o Tribunal, que aqui instituo para vigiar, sempre acordado, sobre a Cidade que dorme."



O perfil de Atena, como o de Zeus e o de Apolo, evoluiu consideravelmente no mito, de maneira constante e progressiva, no sentido de uma espiritualização.
Dois de seus atributos configuram os termos dessa evolução, a serpente e a ave (cojura), Antiga Grande Mãe minóica, proveniente de cultos ctônios, domínios da serpente, elevou-se, com o sincretismo creto-micênico, a uma posição dominante nos cultos urânios e olímpicos, domínios da ave, como deusa da fecundidade e da sabedoria; virgem, protetora das crianças; guerreira, inspiradora das artes e da paz. 


Atena também teve participação no julgamento de Páris, sendo uma das deusas rejeitadas. Na guerra de Tróia, apoiou os gregos.
Outro julgamento importante em que teve participação especial foi no Aerópago, quando julgou Orestes e o absolveu, dando o seu voto de desempate, o voto de Minerva.


 A maior e mais solene das festas de Atena eram as Panatenéias, em grego (Panathénaia), solenidade de que partiticipava Atenas Inteira, e cuja instituição se fazia remontar a um dos três maiores heróis míticos de Atenas: Erictônio, Erecteu ou Teseu, este último Atena e Crono - Pintura sobre telarealizador mítico do sinecismo. a comemoração era primitivamente anual, mas, a partir de 566-565 a.e.c. as Panatenéias tornaram-se um festival pentetérico, a saber, que se realizava de cinco em cinco anos e que congregava a cidade inteira. Um banquete público, que "re-unia" e unia todos os membros da pólis, dava início à grande festa. Seguiam*se jogos agonísticos, cujos vencedores recebiam como prêmio ânforas cheias de azeite, proveniente das oliveiras sagradas de Atena. Havia ainda corrida de quadrigas e um grande concurso de pirricas, danças guerreiras, cuja introdução em Atenas passava por ter sido da filha querida de Zeus. Precedendo a solenidade maior, realizava-se a (Lampadedromía), "corrida com fachos acesos", uma verdadeira course aux flambeaux, quando se transportava o fogo sagrado de Atena, dos jardins de Academo até um altar na Acrópole. As dez tribos atenienses participavam com seus atletas. 




" Não podem, por acaso, os tiranos
Senão pelos tiranos ser vencidos,
Não pode mais, acaso, a Liberdade
Achar na Terra um campeão, um filho,
Como Colúmbia, ao irromper, um dia,
Armada e imaculada como Palas? "





Obs: A historia de atena é muito grande por isso resumir. porém coloquei de um jeito que pareça bem explicativo, se achou que faltou alguma coisa, deixe um comentário.


Escolha o próximo Deus Grego a ser contado aqui. Votação até amanhã. Deixe um comentário com  o nome dele.  

18 comentários:

  1. Apesar de eu não ser fã dessa mitologiia.. ficou bem estruturado seu poost.. =)

  2. Haa
    A Deusa da beleza...
    Posta sobre... Apolo
    Eu gosto desse
    e de Ártemis tbm
    hehe
    Vlw'

  3. Que ela é bonita, eu sei, más ela não é a deusa da beleza. vc deveria ta se referindo a Afrodite, mas vlw assim mesmo.

  4. As esculturas são maravilhosas, não ?
    Tanto o Egito como a Grécia (que no caso teve destaque graças a seu post), tem uma história fantástica.
    Parabéns pelo post Dinho.

    Beeijo.

  5. Gosto dessa serie sobre mitologia grega é um assunto que realmente me interessa,depois tu podia fazer a comparação com a mitologia romana ia ser legal.
    http://sinsinparadise.blogspot.com/

  6. Mitologia grega é foda, direto eu leio sobre ela e vejo que por alguns jogos e animes, os jovens de hoje estão se interessando por ela...
    Tudo que a envolve faz sucesso.

    visite:
    http://ntpepa.blogspot.com/

  7. HAHA post mt bom Mitologia grega é um assunto qe acho mt foda .

  8. Atena n podia falta mesmo, grande deusa.
    O proximo tem q ser Zeus

  9. Ah é desculpa... Ela é a Deusa da Inteligencia...
    Mas valewu néh?
    kkkkkkkk'
    http://cantinhocomtudo.blogspot.com/
    Posta sobre as q eu pedi vlw'?
    Se deer é claro'

  10. Paulo henrique, ja gostava de mitologia grega, mais fiquei fascinado mesmo, quando comecei a jogar God Of war. o jogo é um banquete para quem gosta desse tema. e Alex, vc não pediu nenhum até agora.

  11. muito bom, adoro mitologia nunca peguei um resumo tao completo como este pra ler.

  12. adoro passa aqui
    vc posta coisas inetesantes

    sucesso

    http://thaa03.blogspot.com/2011/04/legendarios-eu-fuii.html#comments

  13. é minha favorita dos deuses

  14. São histórias muito lindas essas.



    http://villacosmetica.blogspot.com

  15. Muito bom, tá de parabéns, ótima escrita

  16. nossa adoro mitologia
    são historias magnificas
    parabéns

    http://utilounaoutil.blogspot.com

  17. Sou apaixonada pele mitologia grega, pela história da grécia, seus deuses e tudo mais. É tudo mágico
    http://www.claudiaalvesinteriores.blogspot.com/

  18. Sou fascinada pela mitologia grega. E as esculturas? Perfeitas!
    Tô ficando viciada no teu blog, rs.

Postar um comentário